terça-feira, 7 de maio de 2013

Lei Maria da Penha: porque parece que as coisas pioraram?



È o seguinte: imagine você estar diante todos os dias de um animal feroz, é assim que muitas mulheres vivem atualmente. E agora imagine que você está diante de um animal feroz mas usa algo pra se proteger, ai o animal se sente acuado e percebe que só tem duas escolhas: ou ele deixa você feri-lo ou te estraçalha. È assim que eu acho que os homens que batem nas suas mulheres estão se sentindo atualmente e parece que a maioria vem escolhendo a segunda opção. Ai você pode pensar ''e esse negocio de Lei Maria da Penha não serve pra nada?'' A Lei Maria da Penha não foi apenas uma lei criada pra inibir a violência contra a mulher, seu objetivo é muito mais amplo, visa mudar radicalmente o modo como enxergamos as mulheres na sociedade. Para os machistas de plantão a criação dessa lei foi um ato violento, de guerra declarada, e assim como a Lei Maria da Penha foi mais do que uma simples lei cada mulher assassinada por um ex marido ou ex-namorado depois que ela foi aprovada é mais que um assassinato: é a resposta dos machistas. O que eu vou dizer pode parecer cruel mas é a verdade: o assassinato dessas mulheres não é uma surpresa, quando os negros adquiriram direitos no século XIX imediatamente surgiu a Klu Klux Klan. Sempre que um grupo considerado inferior adquiri direitos a resposta dos que discordam é violenta.

A Lei Maria da Penha é uma vergonha. Uma vergonha porque demoramos mais de 500 anos para cria-la e é uma vergonha porque não está sendo cumprida como se deve, chega a ser irônico que na Lei a palavra urgente apareça tantas vezes pois depois que uma mulher agredida procura a polícia, o delegado pode pedir à Justiça que imponha ao agressor uma série de normas e regras que o impedem de se reaproximar da vítima e, embora muitos juízes determinem tais medidas quase imediatamente, outros demoram para tomar uma decisão e as vezes eles demoram mais de um mês exigindo atestado psicológico, atestado de saúde mental, laudos...Por coisas como essa que as vezes parece que as coisas pioraram para as mulheres depois que a Lei Maria da Penha foi aprovada, como já disse em parte considero esse pensamento correto mas não completamente. O aumento do número de queixas das mulheres por exemplo não é uma derrota, é uma vitória. Cada vez mais mulheres estão deixando de sofrer caladas.

''Mas não tem muita mulher por ai se aproveitando dessa tal lei Maria da Penha pra difamar os homens, pra se fazer de santinha?'' podem me perguntar. E minha resposta é com certeza mas acho que elas já faziam isso antes da lei existir.

Há os que dizem ''quando as mulheres eram tidas por 'submissas' ou 'escrava', os homens tiravam o chapéu ao passar por elas e tinham que flertar muito para poder chegar perto. Hoje elas são apenas os 'manos', as 'caras', as 'vadias', como elas próprias gostam de se nomear com cartazes em praças públicas e perdem a renovação dos ''valores perdidos'' Francamente eu não sei que diabos são esses ''valores perdidos'', sim no passado os homens tiravam o chapéu para as mulheres pra todo mundo vê mas quando entravam em casa batiam nelas e elas não sabiam a quem recorrer, se é a isso que essas pessoas chamam de ''valores perdidos'' eu digo esses valores estão perdidos mesmos, ainda bem. Na verdade nunca deveriam ter existido.

A única ressalva que eu faço a Lei Maria da Penha é que devia estar escrito nessa lei que os  homens também tem o direito de denunciar agressões físicas e morais tal como a mulher, creio que assim haveria um equilíbrio. Dessa forma aumentaria o número de denúncias verdadeiras contra os homens mas o número de denúncias falsas cairiam bastante pois as mulheres saberiam que não poderiam difamar um homem impunemente. Os homens não teriam do que reclamar pois teriam benefícios também. Ao supor que os homens não precisam de proteção pois tem em média maior força física que as mulheres enveredaram pelo caminho da generalização, sim a maioria dos homens tem mais força física que as mulheres mas não TODOS.

Mesmo com todos os seus defeitos e consequências a Lei Maria da Penha foi a melhor coisa que nossos políticos fizeram recentemente (a grande maioria deles fez isso pensando no eleitorado feminino é verdade mas isso é outra história) mas está longe de ser a ideal, o ideal seria que ela não precisasse existir, o ideal seria que nossa sociedade não usasse dois pesos e duas medidas pra julgar os homens e as mulheres assim eles não se sentiriam no direito de bater nelas ou de mata-las quando elas quisessem uma eventual separação. A criação de leis que inibem e punam essas ações estão longe de resolverem completamente esse problema mas já é um começo.



 

2 comentários:

  1. Olá!

    Vi que você utiliza agregadores de conteúdo, por isso resolvi lhe
    enviar esta mensagem, acabei de criar um novo agregador de conteúdos o
    “Linkeiro” e gostaria que você se cadastra se no sistema e enviasse
    algumas de suas postagens. Não estranhe a pouquíssima quantidade de
    postagens, as que estão la são somente para teste. Deixe algum
    comentário, sugestões ou criticas. Em breve vamos fazer anúncios nos
    principais sites como google e outros ads, entre agora e envie seus
    links pois em breve o site vai explodir de visitas.

    O endereço do site é este:
    http://www.linkeiro.com.br/

    A pagina para cadastro é:
    http://www.linkeiro.com.br/cadastro

    ResponderExcluir
  2. E mais uma lei petista que só da direitos e nada de deveres como tantas outras com motivos eleitoreiros

    ResponderExcluir